sábado, 1 de junho de 2013

Ministro da Justiça confirma veto da caxirola na Copa das Confederações



A caxirola, chocalho criado pelo músico Carlinhos Brown e apelidado de "vuvuzela brasileira", está vetada para a Copa das Confederações, confirmou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, nesta sexta-feira, 31.


Comportamento da torcida em relação à caxirola foi determinante para veto - Divulgação
Divulgação
Comportamento da torcida em relação à caxirola foi determinante para veto
"Houve uma posição técnica da Secretaria Extraordinária de Segurança de Grandes Eventos de que, do ponto de vista de segurança pública, a caxirola não é adequada nos estádios. Esse estudo técnico está mantido, foi encaminhado para a coordenação da Copa e, acredito eu, deve ser mantido", disse Cardozo.
Ele visitou, ao lado do governador Sérgio Cabral, o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), que integrará polícias estaduais e federais, Forças Armadas e Corpo de Bombeiros e começa a funcionar no próximo domingo, 2. A decisão de proibir a caxirola dos jogos da Copa das Confederações já havia sido anunciada pelo Comitê Organizador Local (COL) e foi reforçada pelo ministro.
A decisão foi influenciada por um episódio ocorrido no Campeonato Baiano, no fim do mês passado. Revoltados com a derrota do Bahia para o Vitória por 2 a 1, torcedores do Bahia arremessaram caxirolas, que haviam sido distribuídas antes da partida, no gramado. Depois disso, a Polícia Militar proibiu a entrada do instrumento nos estádios.